Aprenda como começar um tcc do absoluto zero

Como começar um TCC do zero

Como começar um TCC do zero

Nesse artigo eu vou te contar as quatro coisas que você deve saber para escrever qualquer TCC do zero.

E olha, a quarta dica é o que mais trava os alunos na hora de escrever e até de pensar o trabalho.

Se você assistir esse artigo até o final, suas chances de travar na frente da tela em branco do word caem em 95%

Defina o que você gosta

A primeira coisa que você deve fazer pode parecer meio clichê, mas faz total diferença para a aprovação do TCC, que é definir o tema que você gosta.

Quando você define o que gosta, você se sabota menos para escrever, tem mais interesse em pesquisar e ler a respeito, e se sente melhor escrevendo.

Eu sei que vários dos seus colegas vão tentar fazer o TCC com o tema que eles julgam mais fácil ou que alguém falou para eles que é mais simples de fazer.

E eu só tenho uma coisa pra dizer para você sobre isso: não é assim que funciona.

Independetemente do tema que você escolha, você vai ter que ler bastante e vai ter que refletir sobre o que será inserido ou retirado do texto do seu trabalho.

Agora pense comigo: Se você vai precisar ler em qualquer TCC que você irá fazer, é mais fácil ler sobre algo que você gosta ou sobre algo que é teoricamente mais fácil mas que você não gosta de ler?

Mesmo que aquele tema seja mais fácil, a leitura se tornará maçante, seu cérebro vai fazer de tudo para sabotar sua produção, você vai procrastinar e será um martírio ler e escrever sobre determinado tema.

Agora pense no roteiro daquele filme ou série que você gosta.

Você pode ter assistido somente uma vez, mas com certeza sabe me contar a história toda, não é assim?

Pois é, isso acontece pelo simples fato de que você gosta daquele conteúdo e isso facilita sua memorização e seu prazer em assistir.

Um TCC é a mesma coisa, se você gostar do tema que se propôs a escrever, sua leitura se torna mais fácil, você absorve mais facilmente o conteúdo – o que te dá maior confiança para escrever sobre o tema e também para apresentar o trabalho.

Por isso, na hora de começar seu TCC opte sempre por escolher um tema que você goste. Seu TCC vai te acompanhar durante bom tempo, e escolher algo que você gosta tornará essa companhia muito mais prazerosa.

 

Estabeleça um objetivo palpável

Outro problema que os alunos enfrentam logo no começo do trabalho está relacionado com os objetivos, e pode ser de duas formas:

Ou não se estabelece claramente os objetivos do trabalho logo no início, ou esse objetivo é muito amplo e tem poucas chances de ser cumprido ao longo do trabalho.

Ah Gabriel, mas por que estabelecer um objetivo é tão importante?

Pensa comigo, se você não sabe o objetivo, a finalidade do seu trabalho como é que vai escrever alguma coisa a respeito de algo que você não sabe exatamente o que é?

Pois é, para escrever um trabalho coeso e conexo, você precisa saber aonde quer chegar com seu trabalho.

E não adianta você querer abraçar o mundo com seu objetivo, você precisa ser bem específico.

Seu objetivo precisa ser estabelecido baseado na certeza de que você conseguirá cumpri-lo

Pense seus objetivos e discuta com seu orientador a viabilidade de você conseguir cumpri-los

Na dúvida, opte sempre por escolher um objetivo mais simples do que você imagina que conseguirá cumprir, e se sobrar tempo e disposição ao final do trabalho, você incremente seus objetivos.

No começo tudo é lindo e a gente acha que vai salvar o mundo, mas no final você provavelmente só vai querer terminar logo o trabalho, e é normal esse processo.

Mas lembre-se sempre de delimitar bem objetivos específicos.

 

Leia sobre o tema

Como nós falamos anteriormente, não tem como evitar a leitura quando você escreve o TCC ou qualquer trabalho acadêmico.

Esse tipo de trabalho é baseado em evidências e informações científicas, as quais você só consegue acesso lendo outros trabalhos científicos.

Quando você for ler sobre o tema do seu trabalho, existem algumas coisas que você pode fazer para otimizar sua leitura e ler mais em menos tempo.

Por exemplo:

Ler scanneando, ler o abstract antes de ler o trabalho todo, e otimizar suas buscas por palavras chave.

Se você quiser saber exatamente como funciona essa otimização de leitura, vou deixar o artigo aqui do canal na descrição, lá eu te ensino esses passos de forma bem simples.

Assiste lá que eu garanto pra você que vale muito a pena!

 

Saiba como coletar seus dados

E a quarta e última dica que trava MUITO os alunos na hora de pensar e escrever seus trabalhos é relacionado a coleta de dados.

É normal que quando você esteja começando sua carreira acadêmica e esteja escrevendo seus primeiros trabalhos, você entre em parafuso para descobrir como irá coletar seus dados.

A coleta de dados entra na metodologia do seu trabalho, e saber montar uma metodologia do zero requer certa experiência.

Mas você pode fazer uma coisinha para estabelecer uma boa metodologia sem necessariamente precisar de anos de experiência.

Você pode buscar na literatura trabalhos que tenham objetivos parecidos com os seus e ver como os dados daquele trabalho foram coletados.

Não é para copiar as informações do trabalho na integra, pelo amor de Deus.

É só para você se basear, entender como foi feita a coleta de dados e trazer para a sua realidade de estudo.

Fazendo isso, você tem uma metodologia baseada em um trabalho já publicado e revisado por pares, e dá menos margem para que a banca conteste seu trabalho mais tarde.

Se tiver mais alguma dúvida, deixe nos comentários que responderemos o mais rápido possível.

Caso você queria contar com nosso auxílio e orientação individual, saiba tudo aqui

Fechou?

Forte abraço e te vejo no próximo artigo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *