aprenda como fazer o resumo do tcc

Como fazer resumo para TCC

Como fazer resumo para tcc

Você chegou na hora de fazer o resumo do seu TCC ou artigo científico e não sabe como começar ou travou em alguma parte?

Esse artigo vai resolver todos os seus problemas!

Nesse artigo eu vou te contar tudo sobre resumos de trabalhos acadêmicos e como você pode fazer para escrever o resumo de um TCC aprovado e de um artigo publicado.

Fica comigo até o final desse artigo, que o resumo não vai ser um problema no seu trabalho.

O que é o resumo

Bom, antes da gente começar a falar sobre o que deve ter ou não ter no resumo do TCC ou de qualquer trabalho acadêmico que você venha a escrever, vamos falar o que exatamente é o resumo.

O resumo basicamente é um blocão de texto único tá? Então você não vai separar em parágrafos, em um parágrafo grandão sem divisões, onde você vai colocar as principais informações do trabalho.

A ideia do resumo é que o leitor que se depare com seu trabalho, somente lendo um curto resumo vai saber o que você fez e quais são os principais achados do seu trabalho.

Segundo as normas da ABNT, um resumo tem de 150 a 500 palavras, aí vai depender da sua instituição de ensino, da sua universidade, faculdade ou pós graduação que normalmente delimite um valor de palavras entre 150 a 500.

Não esquece de conferir isso com a sua instituição, beleza?

Resumindo a ideia do resumo, é isso. Agora vamos falar o que precisa constar dentro do seu resumo.

 

Você precisa abordar em frases curtas todas as informações mais importantes do seu trabalho.

 

Ah Gabriel, como que eu sei as informações mais importantes do meu trabalho?

Seguinte, basicamente as informações que não podem faltar no seu resumo são:

Uma frase introdutória, que leve o leitor a entender a importância do seu trabalho.

Opte por usar uma frase de impacto logo no começo do resumo para já mostrar ao leitor a importância do trabalho.

Depois você caracteriza o seu tema.então você vai ser bem sucinto e vai escrever em poucas palavras qual o tema do seu trabalho.

Depois, vem o objetivo geral do seu trabalho. Lembrando que tudo isso em poucas frases e o mais sucinto possível, porque você tem um limite pequeno de palavras que podem ser inseridas no resumo, né. Que é até 500 palavras, mas dependendo da instituição pode ser 250, ou 300 palavras e se você se alongar muito nessas frases não vai ter espaço para falar de todas as informações importantes.

Logo após o objetivo escreva resumidamente sua metodologia, ou seja, o que você fez para coletar e analisar seus dados.

Nessa parte você pode detalhar um pouquinho porque quem for ler o seu resumo muitas vezes quer saber o que você fez na coleta e análise de dados para ver se seu trabalho pode acrescentar alguma coisa no trabalho dele, deu para entender?

Então seja sucinto mas deixe bem claro o que você fez.

Ah, e tem outra coisa também que tem alunos que se preocupam com alguém copiar a metodologia do seu trabalho.

Se você pensa assim também, esquece isso porque assim que você entrega seu TCC ele vai para o repositório da sua instituição e vai ser disponibilizado online com data de entrega também.

Então você vai ter uma prova de que foi você o primeiro a publicar aquilo, e pode exigir a citação.

E se outros trabalhos citarem sua metodologia, sinta-se orgulhoso porque quer dizer que seu trabalho é relevante e as pessoas sentiram a importância dele.

Então sempre deixe claro o que você fez, e não tenha medo de divulgar isso.

Depois vem a parte de você escrever quais foram seus principais achados, fale dos resultados mais importantes e aqueles que respondem seu objetivo geral de forma mais completa.

 

Depois disso, discuta em poucas frases a importância dos seus achados, como eles corroboram ou divergem de outros trabalhos e qual o retorno que seus achados podem dar para a sociedade e para próximos estudos.

 

Talvez o desafio maior seja escrever tudo isso dentro de um limite curto de palavras né?

 

Mas é assim mesmo, as vezes sobra um pouco e as vezes falta, aí você vai revendo suas frases e vendo como pode resumi-las ou como pode inserir informações importantes no seu resumo para chegar perto do limite de palavras.

 

Você não precisa escrever o limite exato de palavras, pode ser um pouco menos mas nunca ultrapasse o limite, beleza?

 

Aí depois que você concluiu seu resumo, escreva um mínimo de 3 palavras chave separadas por ponto e vírgula.

 

Eu sempre gosto de escreve umas 5 palavras chave para ajudar o trabalho a ser encontrado mais facilmente.

Você sabia que é para isso que servem as palavras-chave?

 

Quando você escreve as palavras chave do seu trabalho e alguém faz alguma busca por trabalhos que envolvam aquelas palavras chave, seu trabalho aparece para elas, e quanto mais pessoas lerem, mais chances você tem de que elas citem seus trabalhos e que você seja reconhecido pelo trabalho.

 

Então na hora de escrever as palavras-chave pense bem nas palavras que descrevem seu trabalho.

 

Ah, e uma dica importante é não colocar palavras-chave que já estão no título porque se elas já estão no título certamente já vão aparecer nas buscas quando alguém colocar essas palavras.

 

Então para palavras-chave: umas 5 palavras que descrevam bem seu trabalho e que não estejam no título, pode usar sinônimos também, beleza?

 

 

E por fim, vem o abstract.

 

O abstract nem sempre é obrigatório em TCC, mas depende da sua instituição de ensino, se você estiver escrevendo um artigo científico certamente o abstract é obrigatório.

 

Mas o que é o Abstract Gabriel?

 

O abstract é simplesmente o resumo em inglês.

 

Ah, e cuidado quando for traduzir seu resumo, simplesmente colocar o resumo no tradutor do google por exemplo pode transcrever seu resumo de uma forma que nem faz sentido, você precisa revisar a tradução sempre!

 

E se você tiver dificuldades nessa parte de tradução, aqui na família aprova nós temos uma equipe de tradutores nativos da língua inglesa que fazem esse trabalho gratuito para quem é matriculado no treinamento aprova, eu vou deixar o link de matrícula aqui.

 

Fechou?

 

Forte abraço e te vejo no próximo artigo!

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *