desculpas de um tcc reprovado

13 Desculpas esfarrapadas de um TCC reprovado

13 Desculpas esfarrapadas de um Aluno reprovado no TCC!

Você já deve ter visto muita gente arrumando motivos para não ter feito ou não ter sido aprovado no TCC, não é verdade?

Nesse artigo eu resolvi compilar as 13 desculpas para um TCC reprovado que eu mais escuto, e como você pode evitar cada um desses possíveis problemas

E eu posso te adiantar uma coisa: sem a última dica não adianta nada você ter um TCC perfeito!

Então vamos começar, roda a vinheta

Olha, eu já ajudei milhares de alunos durante a escrita dos seus trabalhos, e todos os semestres eu escuto as mesmas desculpas esfarrapadas sobre os problemas do TCC

Com o seu orientador com certeza não é diferente.

Por isso, ao invés de inventar uma desculpa para não ter feito o TCC, escreva da melhor forma, evitando as possíveis armadilhas de qualquer universitário.

A boa notícia é que eu vou te contar o que fazer para evitar cada uma das armadilhas nesse vídeo, então se você ainda não é inscrito no canal se inscreve e deixa o like nesse vídeo porque sua vida ficará muito mais fácil depois desse vídeo!

Vamos lá, primeira desculpa:

 

Desculpa para um TCC reprovado: “não deu tempo”

 

Essa é uma das desculpas para um TCC reprovado que eu mais ouço: tive que trabalhar, cuidar do cachorro, ir na praia, ir viajar, etc, etc.

A verdade é que todo mundo tem milhares de coisas a fazer o tempo todo, e o que determina o que será feito primeiro é o estabelecimento de prioridades.

Então se você não tem seu TCC como uma prioridade, com certeza vai lhe faltar tempo para terminar.

A partir do momento que você está no TCC, você precisa tê-lo como prioridade sempre.

O que eu quero dizer é que você não precisa deixar de fazer nada, nem de viajar nem de ir a praia, você deve fazer tudo que tiver vontade.

Mas antes precisa cumprir seu compromisso com o TCC

E como se faz isso?

Montando um cronograma!

Se você montar um cronograma com o que precisa ser feito em cada semana ou em cada mês, fica muito mais fácil saber o que fazer por dia.

Uma vez que você sabe o que precisa fazer para o TCC naquele dia, faça primeiro o que precisa ser feito no TCC, e depois vá para as atividades que você quer fazer por prazer ou diversão.

 

Segunda desculpa para um TCC reprovado: “não consigo”

 

Todos os anos, mais de 1 milhão de alunos se formam na faculdade tendo passado pelo TCC

E você acha que todos eles são gênios e mais inteligentes que você?

Claro que não!

Eu costumo dizer que não a inteligência que diferencia até onde as pessoas chegam na vida, mas sim a disciplina e a determinação.

Imagine quantas dessas 1 milhão de pessoas que se formam por ano, passam dificuldades até de subsistência, quantas possuem família para sustentar e quantas possuem menos recursos que você

Não conseguir é uma afronta as suas próprias condições.

Se você espantar a preguiça, estudar e fizer um bom planejamento, seguindo-o com determinação e disciplina você não precisará usar essa desculpa nunca!

 

Terceira desculpa para um TCC reprovado: “eu travo”

 

Olha, eu arrisco dizer que 90% das pessoas que travam na escrita do TCC é porque não tem o objetivo do trabalho bem claro na cabeça ou não montaram a estrutura da escrita.

É sério, essa é uma das desculpas para um TCC reprovado mais usadas por aí…

Sempre que você for escrever um trabalho acadêmico (seja tcc, tese, dissertação ou artigo científico) você precisa ter em mente seus objetivos.

São eles que determinam o que faz mais sentido inserir ou excluir de informações no seu trabalho.

Em outras palavras, os objetivos decidem o que deve ser escrito no seu trabalho.

Se você já estabeleceu seus objetivos, é só montar a estrutura de escrita do trabalho.

Se você não sabe como fazer isso, é só acessar o workshop tcc de outro mundo, é 100% online e 100% gratuito, e eu te ensino a montar seu tcc da forma mais fácil e rápida possível.

Vou deixar o link de acesso ao workshop aqui abaixo do vídeo para você.

Pra fechar essa desculpa então:

Para evitar de travar é só estabelecer objetivos e montar a estrutura de escrita, não tem erro!

 

Quarta desculpa para um TCC reprovado: “meu orientador não me ajuda”

 

Cara, se você ainda acha que seu orientador precisa te ajudar para que você saia do lugar, sinto lhe informar que não é bem assim que funciona.

O TCC é o seu trabalho, vai fazer a diferença na sua vida, na sua formação e no seu conhecimento, não na vida do seu orientador.

Você precisa ser autodidata, ir atrás das informações que precisa, tomar decisões e desenvolver de acordo com o que você estudou e com o que você acha que faz mais sentido.

Lembre-se sempre que o trabalho é seu, não do seu orientador.

Vá atrás das informações que precisa em livros, artigos científicos e no YouTube e tome suas próprias decisões.

Alguns orientadores são mais ausentes que outros, mas isso não pode ser uma desculpa para você não alcançar seus sonhos.

Se o seu orientador não te ajuda, faça por você, você é capaz de escrever seu TCC!

E se precisar de ajuda e de orientação individual, basta se matricular no Treinamento Aprova. O link para a matrícula está aqui abaixo.

Será um prazer te ajudar a alcançar seus sonhos!

 

Quinta desculpa: “a banca não gosta de mim”

 

Essa é uma das desculpas para um TCC reprovado mais absurdas…

Tem alunos que acham que a preocupação da vida dos professores é prejudicá-los.

Você acha mesmo que o objetivo dos professores é prejudicar os alunos?

Claro que não é!

Alguns professores são mais exigentes que outros, isso é fato e pode ter diferentes origens.

Mas em uma banca, na frente de outros professores e da plateia, ninguém vai reprovar seu trabalho se ele for bom!

Então não tenha medo de ser reprovado em frente a banca, quem vai determinar isso é mais você que a própria banca!

Portanto, escreva seu trabalho pensando somente em entregar o seu melhor.

Se você se entregar e der tudo de si no TCC, sem preguiça, com planejamento e dedicação eu garanto para você que vai dar tudo certo!

 

Sexta desculpa: “não sei se cometi plágio”

 

Olha, se você não copiou na íntegra alguma coisa, em outras palavras se você não fez o famoso ctrl C ctrl V sem fazer citações diretas, você não cometeu plágio.

Eu sempre digo para os meus alunos evitarem de exagerar nas citações diretas, você sempre pode escrever com as suas palavras e fazer majoritariamente citações indiretas.

Deixe as citações diretas para o caso de legislação, onde não como alterar as palavras.

Para não cometer plágio é só ser sincero com você mesmo, você saberá se fez ou não plágio.

Mas, se você ainda estiver na dúvida vou deixar o link do copyspider aqui abaixo do vídeo.

É um software bem leve onde você insere seu trabalho e pede uma revisão de plagio.

Aí o próprio software faz uma busca pela internet visando encontrar trabalhos que apresentem informações iguais as suas

Se ele encontrar, vai mostrar quais são os trechos iguais e com quais trabalhos tem uma similaridade alta.

Aí é só você alterar o texto e se livrar do plágio.

 

Sétima desculpa: “Não sei fazer citação ou referência”

 

Cara, se você não sabe fazer citação ou referência eu só tenho uma coisa a dizer, se inscreve logo no canal!

Aqui no canal tem um vídeo onde eu te mostro como conseguir citações e referências prontinhas na internet.

Você nem precisa saber fazer, é só copiar e colar.

Então pare de perder tempo e se atrasar no TCC, se inscreve logo no canal

O vídeo onde eu te ensino isso eu vou deixar aqui na descrição, beleza? Dá uma olhada ali

 

Oitava desculpa para um TCC reprovado: “Não sei o que escrever”

 

Não saber o que escrever no TCC é totalmente relacionado com a questão de travar na escrita.

Para não travar, estabeleça seus objetivos, monte seu cronograma e siga com disciplina e determinação.

No workshop eu te ensino isso em detalhes, e é de graça, o link de acesso ao workshop está aqui, dá um pulinho lá.

 

Nona desculpa para um TCC reprovado: “Não sei nada sobre o tema”

 

Infelizmente não saber sobre o tema é um desafio que qualquer pesquisador enfrente durante sua trajetória.

E sabe qual a única maneira de resolver isso?

Lendo e estudando!

Talvez você não seja a pessoa que mais gosta de ler e estudar que existe, mas é algo inevitável durante o TCC.

A boa notícia é que você pode otimizar sua leitura lendo o abstract antes de começar a ler o artigo e assim evitar de perder tempo lendo um artigo inteiro que talvez você não use.

Outra ideia para otimizar suas buscas, é apostar em boas palavras-chave nas buscas.

Encontre as palavras-chave que fazem mais sentido para você e busque por elas.

Dessa forma você encontra mais facilmente os artigos de interesse para o seu trabalho, e evita perder tempo lendo trabalhos que no fim das contas não vão te ajudar em nada.

 

Décima desculpa: “A culpa não é minha”

 

Existem dois tipos de pessoa no mundo: aquelas que sempre colocam a culpa no outro, e não podem fazer nada para consertar o problema, e aquelas que assumem a responsabilidade do erro e dessa forma conseguem consertar a situação.

Só uma dessas duas consegue resolver o problema

Portanto, se você errou, assuma a responsabilidade, veja aonde você pode melhorar e trabalhe para acertar da próxima vez.

Todo mundo já errou e continuará errando sempre, é isso que nos torna humanos: o erro.

Dessa forma, ao invés de colocar a culpa em terceiros, assuma todos os erros possíveis e trabalhe para consertá-los.

Isso vai te levar longe não só no TCC, mas na vida também.

Por isso, nunca diga uma dessas desculpas para um TCC reprovado.

 

Décima primeira: “Não sei como fazer”

 

Assim como qualquer coisa que você nunca tenha feito, fazer pela primeira vez é um desafio.

Fazer algo pela primeira vez exige que você saia da zona de conforto, tarefa desafiadora para todo mundo.

Mas não há evolução sem sair da zona de conforto.

Vivemos a era da informação, se você não sabe como fazer, existem milhares de canais de busca para encontrar o que você precisa:

YouTube, sites, artigos científicos, bibliotecas e milhares de outras opções.

Comece por essas que eu falei e vá buscando uma a uma, tenho certeza que você encontrará antes do que imagina, e possivelmente é bem mais fácil do que você pensa!

 

Décima segunda: “Todo mundo sabe menos eu”

 

As pessoas travam suas próprias batalhas diárias, você não sabe o que as pessoas fazem para chegar onde chegam.

Provavelmente as pessoas que sabem mais do que você, estudam muito mais que você…

Claro que algumas pessoas precisam estudar mais que outras em algumas matérias, e menos em outras e isso é normal, faz parte das trilhas de aprendizagem.

O que não vai te ajudar é se comparar com os outros.

Faça por você, por seus objetivos e suas metas, não compare seus planos com os de ninguém.

Se comparar com os outros é o caminho mais rápido para a frustração.

Estipule suas metas e lute por elas, sem olhar para os lados.

Com foco e determinação você chegará aonde nunca imaginou que chegaria, eu aposto com você!

Portanto, se você sabe menos do que gostaria de saber, cabe a você consertar isso.

Estude mais, leia mais, acorde mais cedo se necessário.

As pequenas batalhas que fazem a conquista valer a pena, faça por você!

 

Décima terceira: “Não fiz”

 

Esse com certeza é a maior das desculpas para um TCC reprovado, não fazer.

Não importa se você tem os melhores planejamentos e cronogramas do mundo, se você não colocar a mão na massa, não vai adiantar de nada.

Lembre-se sempre que feito é melhor que perfeito, e melhor do que ficar imaginando como teria sido, é executar e ver o que acontece!

Agora que você já sabe tudo que mais trava os alunos na hora do TCC, você está pronto para evitar isso e alcançar seu diploma mais rapidamente.

Mas não vai adiantar nada você saber tudo isso, se não aplicar o que aprendeu aqui.

Então comece hoje mesmo a colocar tudo isso em prática.

Monte seu cronograma, organize seu calendário e mãos a obra!

Se precisar de qualquer coisa, você sabe que estamos sempre à disposição!

 

Se esse artigo te ajudou, não esquece de compartilhar com os amigos porque é extremamente importante para que possamos continuar gravando esse tipo de material e para que o próprio google entenda que esse vídeo pode ajudar as pessoas e assim veicule para mais gente.

Fechou?

Forte abraço e te vejo no próximo artigo!

Se preferir, você pode assistir ao vídeo desse artigo clicando aqui, ou assistindo abaixo:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *