Cometi plágio? Como saber?

PLÁGIO: um erro bobo que pode te REPROVAR!


Você já deve ter ouvido falar em plágio, certo?

 

Mas você sabia que pode usar um ferramenta gratuita para verificar se há plágio no seu texto?

Não só existe como vou te mostrar qual é e vou te ensinar a usar!

 


Plágio é quando você se apropria de informações que foram publicadas por outras pessoas, da mesma forma que elas publicaram. O famoso ctrl + C, ctrl + V!

Você não pode publicar duas às vezes a mesma coisa, inclusive não pode fazer plágio nem de um trabalho que já seja seu – o que chamamos de autoplagio.

Ok Gabriel, já sei o que é plágio. Mas como vou me basear no trabalho de alguém sem fazer igual?

 

Te explico: você pode e deve se basear nos trabalhos de outras pessoas, mas não pode escrever exatamente da mesma forma que elas.

Leia os trabalhos, (sugiro ler o parágrafo de interesse inteiro) e após isso você escreve o que entendeu sem voltar novamente ao trabalho. Após isso, você cita de onde você tirou aquela informação (nome do autor, ano de publicação).

Outra dica importante é sobre apud!

 

Apud caso você nunca tenha ouvido falar ou lido a respeito, é quando é quando você cita o que determinado autor publicou, mas você só leu um trabalho que citou o que o primeiro publicou. Dessa forma você cita a fonte (nome do autor, ano apud nome do autor, ano de onde você leu).

Ficou difícil de entender?

Vamos exemplificar.

 

É como se o João publicasse um trabalho com uma informação, aí a Geovana publicou outro trabalho que citou a informação que estava no trabalho do João, e eu escrevi meu artigo e citei a informação do João que estava no trabalho da Geovana, sem ter lido o trabalho original do João. A Geovana escreveu o que ela entendeu, e pode ser que não fosse exatamente essa a ideia do autor, e por isso a minha citação pode estar citando uma informacão que nem exista.

Apud não é bem visto no meio acadêmico justamente por isso, já que as informações podem estar equivocadas. Por isso, só use apud quando não conseguir de nenhum jeito o trabalho original, ou outro trabalho que tenha informações parecidas. Isso garantirá a confiabilidade do seu trabalho!

Sabendo que você não pode copiar o trabalho de terceiros, nem citar uma informações sem ter lido o trabalho original, vamos verificar o plágio.

Plagium

detector de plagio plagium 300x124 - PLÁGIO: um erro bobo que pode te REPROVAR!
Como descobrir se seu trabalho tem plágio

Existe uma ferramenta do Google chamada “Plagium” que compara seu texto com tudo que há disponível na internet.

A versão completa dele é paga, mas você pode verificar pequenas partes (Até 1000 caracteres) do seu trabalho por vez, garantindo que não tenha plagiado nada por acaso ou sem querer.

É sempre bom garantir que você não cometeu plágio, pois em alguns casos você pode ser imediatamente reprovado!

Plágio é muito sério, e pode configurar crime!

Se você seguir os passos acima certamente não será reprovado por plágio e terá uma trajetória acadêmica de sucesso!

 

Se quiser saber mais, evitar qualquer dor de cabeça em seus trabalhos acadêmicos (TCC, Dissertação, Tese, Artigo científico, etc) e ter orientação e assessoria do início ao fim do seu trabalho, torne-se um aluno APROVA.

 

Para mais informações clique no botão abaixo

 

Treinamento Aprova – Matrículas Abertas!! 

 

Gostaria de ver o vídeo que fizemos a respeito disso?

 

1 comentário em “PLÁGIO: um erro bobo que pode te REPROVAR!”

  1. Pingback: Citação de Site e Normas ABNT - Treinamento Aprova

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *